BLOG CARNAVAL BH. O CARNAVAL DA NOSSA BH . FUNDADO EM 2004

BLOG CARNAVAL BH. O CARNAVAL DA NOSSA BH . FUNDADO EM 2004
BLOG CARNAVAL BH. O CARNAVAL DA NOSSA BH FUNDADO EM NOVEMBRO DE 2004.10 ANOS DE FOLIA VIRTUAL LEVANDO O SAMBA DE BH ATÉ DENTRO DA CASA DOS SAMBISTAS. AQUI PEDIMOS PASSAGEM, A PRESERVAÇÃO DA NOSSA HISTÓRIA

sábado, 29 de setembro de 2018

Atenção compositores, conheça o edital ( regulamento) e sinopse da Acadêmicos de Venda Nova para o concurso de samba de 2019



GRES Acadêmicos de Venda Nova – Carnaval 2019 - BH Enredo: “ESTER SANCHES – A Embaixatriz da Solidariedade”

Carnaval 2019 - BH - www.avendanova.com.br - facebook.com/academicosdevendanova – 31 99427.4064 APRESENTAÇÃO O Grêmio Recreativo Escola de Samba Acadêmicos de
Venda Nova, orgulhosamente apresenta o seu enredo para o carnaval 2019, de Belo Horizonte, sob o título: “ESTER SANCHES – A Embaixatriz da Solidariedade” O amor ao próximo é a grande herança que podemos deixar para as novas gerações. Mas, afinal, o que estamos fazendo pela paz e pela harmonia do planeta?

JUSTIFICATIVAS
Uma onda de solidariedade e amor tomará conta da Passarela do Samba de Belo Horizonte, através do enredo do GRES Acadêmicos de Venda Nova. “ESTER SANCHES – A Embaixatriz da Solidariedade”, exalta e remonta às nossas origens, enquanto seres que nos distinguimos pela capacidade de sermos solidários e amistosos, de espírito de cooperação, que nos uniu e destacou dos demais animais, desde a época da formação dos primeiros grupos humanos. Mas o que nos fez distanciar tanto dos “cuide do outro como a si mesmo” e “amai-vos uns aos outros”? Grandes mestres do altruísmo, voluntariado e filantropia mundiais, serão destaques num desfile repleto de bons exemplos, cores, fantasias e emoções, juntamente com ESTER SANCHES, a belo-horizontina de projeção internacional, madrinha das causas humanitárias, filantropa e voluntária de ações que beneficiaram muitas causas e pessoas. A mudança, que desejamos para um mundo melhor, começa em nós mesmos e, só assim, conquistaremos uma nação mais justa, humanitária e proporcionalista. Junte-se a família venda-novense e fortaleça essa corrente de solidariedade, que disseminará a paz, a boa vontade e a solidariedade, encantando a Passarela do Samba de BH.

DESCRIÇÃO DO ENREDO

Desde os primórdios da humanidade, a convivência em grupos mostrou-se fundamental para a sobrevivência e segurança dos indivíduos. Sendo assim, uma série de tipos de relacionamentos entre os seres foram se desenvolvendo e fortalecendo com o passar do tempo. Homens e mulheres se ajudavam mutuamente, construindo, assim, os pilares das sociedades e grandes civilizações que floresceram desde então. O ser humano é, em sua essência, amigável e solidário. Numa época em que os meios de troca eram a base da economia, grupos inteiros dependiam da generosidade e disponibilidade de outros grupos, afim de conseguirem alimentos e artigos que não produziam. Com a evolução das sociedades, alguns grupos se tornaram carentes de uma série de recursos, acarretando a alguns deles, inclusive, dificuldade para perpetuar a própria existência. O voluntariado e a filantropia surgem nesse contexto, criando uma ponte entre os desvalidos e os doadores e provedores de bens diversos ou mesmo do próprio tempo dedicado à diversas causas. É o desejo aliado à ação que moveu pessoas, através da nossa história, a ajudar o próximo nas suas carências, anseios, deficiências e necessidades.

MESTRES DO ALTRUÍSMO

A palavra filantropia se originou a partir do termo grego philanthropia, que pode ser traduzido como "amor ao homem" ou "amor à humanidade". Credita-se ao imperador romano Flávio Cláudio Juliano, em 332 aC, o originador do conceito de filantropia. Há, também, citações bíblicas de 66 d.C., de cartas entre Paulo e Tito (3:4), que enaltece as práticas humanitárias. Lindas estórias de amor ao próximo foram narradas pelos séculos. São demonstrações de zelo e apreço pelo ser humano, independente das condições étnicas, religiosas, gêneros, política e geográfica. Verdadeiras provas de serviço às causas alheias e inesgotável busca pela superação das adversidades. Altruísmo é um tipo de comportamento encontrado em seres humanos e outros seres vivos, em que as ações voluntárias de um indivíduo beneficiam outros. É sinônimo de filantropia. No sentido comum do termo, é, muitas vezes, percebida como sinônimo de solidariedade. O filantropo (pronuncia-se filantrôpo) é o ser humano dotado de capacidades altruístas, muitas vezes atuando como voluntário. Se alguns dispõem dos seus próprios recursos nas causas, outros dedicam tempo e habilidades no suporte e socorro aos necessitados. Há também organizações como Rotary, Lions, Apae, que atuam como entidades filantrópicas. O mundo se mobiliza para estas causas também. Na Organização das Nações Unidas, em 2015, líderes mundiais reuniram-se e decidiram um plano de ação para erradicar a pobreza, proteger o planeta e garantir que as pessoas alcancem a paz e a prosperidade: a AGENDA 2030 PARA O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL, a qual contém o conjunto de 17 ODS - Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. Essa vontade incontrolável de ajudar ao próximo, destacou algumas personalidades, na história da humanidade. Cada um descobriu em si força e determinação suficientes para promoverem as diferenças nas sociedades e causas onde atuaram, seja na política, meio-ambiente, saúde, alimentação, educação, dentre outros. E, com muito orgulho homenagearemos os mestres do altruísmo Chico Xavier, Mandela e Gandhi, em nosso enredo. Francisco Cândido Xavier, o mineiro Chico Xavier de Pedro Leopoldo/MG, importante nome do espiritismo mundial, reuniu seguidores e colaboradores em torno dos seus projetos filantrópicos na cidade de Uberaba/MG, para onde mudou-se e viveu até os 92 anos, quando morreu em 2002. É autor de mais de 450 livros psicografados, dos quais mais de 50 milhões foram vendidos, cedendo todos os direitos autorais das obras, registrados em cartório, para instituições de caridade. O legado do médium ultrapassa as barreiras religiosas e ele é reconhecido como o maior "líder espiritual" do Brasil, sendo uma das personalidades mais admiradas e aclamadas no país e aclamado, principalmente, pela marcante vida altruísta. Nelson Rolihlahla Mandela, conhecido como Madiba, nascido em Soweto na África do Sul, foi advogado, líder da resistência não-violenta da juventude contra o apartheid (lei de segregação racial), foi preso político por 27 anos e, após a sua soltura tornou-se presidente da potência africana de 1994 a 1999. É o considerado o mais importante líder da África negra, ganhando o Prêmio Nobel da Paz em 1993. Foi o político mais premiado em vida, responsável pela refundação do seu país como uma sociedade multiétnica. Em sua homenagem, a ONU - Organização das Nações Unidas - instituiu o Dia Internacional Nelson Mandela no dia de seu nascimento, 18 de julho, como forma de valorizar em todo o mundo a luta pela liberdade, pela justiça e pela democracia. Mohandas Karamchand Gandhi, o indiano conhecido como Mahatma Gandhi ("Mahatma" significa "A Grande Alma"), foi o idealizador e defensor do Satyagraha (“o caminho da verdade”), o princípio da não agressão como forma não violenta de protesto, como um meio de revolução. Gandhi foi um dos líderes para a independência da Índia, então sob domínio da Inglaterra, conquistando sua independência por meios não violentos e por via da autoconfiança. Ele rejeitou a força bruta e a opressão, declarando que a força da alma, ou amor, é que mantém a unidade das pessoas em paz e harmonia. Em seus discursos a defesa pela unidade social e religiosa do seu povo, a amizade e a igualdade para as mulheres.
Belo-horizontina da gema, negra na pele, livre na alma, altruísta na essência, esta é Ester Sanches Naek, a nossa homenageada neste carnaval. Ester recebeu o título de cidadania honorária em Alvinópolis/MG, onde passou bons momentos de sua infância e adolescência. Possui dupla cidadania: brasileira e norte-americana. É casada com Rashid Hamid e mãe de Abdul Hamid Naek. O sonho de ser atleta levou Ester, ainda na adolescência, a treinar atletismo nos Estados Unidos, junto com Zequinha Barbosa, Joaquim Cruz, Robson Caetano, dentre outras estrelas. Foi recordista mineira durante 13 anos, na sua categoria. Decidiu fixar residência naquele país, fazendo diversos trabalhos, inclusive como empregada doméstica. Dedicou-se aos estudos e formou-se em Fonoaudiologia e Espanhol, pela Universidade de Connecticut, onde também se especializou em sotaques. É mestranda em Desenvolvimento Econômico de Comunidades. Foi a fundadora de um centro cultural e atuou ativamente junto aos artistas brasileiros naquele país. Em poucos anos nos Estados Unidos, Ester tornou-se Juíza de Paz e Especialista em Treinamento de Etiqueta e Protocolo Internacional, atividades pelas quais ministra palestras e treinamentos. Devido as suas atuações sociais, culturais e beneficentes, atuou administrativamente na campanha de Hillary Clinton à presidência dos EUA. Participa de muitas ações filantrópicas, além de indicar apoiadores financeiros para a realização de projetos no Brasil. Com essas ações, foi reconhecida como a brasileira afrodescendente de maior destaque naquele país. Uma das provas do reconhecimento desse mérito é a instituição do Dia de Ester Sanches, comemorado no dia 30 de outubro na cidade de Hartford, no estado de Connecticut. Foi eleita e empossada em 03/12/2010, pelo Ministério das Relações Exteriores, no Conselho de Representantes de Brasileiros no Exterior – CRBE, sendo uma das 4 conselheiras responsáveis por questões diversas relativas às comunidades brasileiras nos Estados Unidos, Canadá e Caribe. Ester ocupou o cargo voluntariamente e teve atuações de destaque frente às demandas de pessoas, empresas, ONGs e organizações brasileiras e internacionais. Atuou na defesa da representatividade jurídica de brasileiros em situação de risco nessas localidades. Visitou diversos países defendendo a igualdade e a tolerância entre as etnias, religiões, gêneros e intercâmbios entre esses povos e o Brasil. Ainda, como conselheira do CRBE, foi a diversos países, onde discursou nas tribunas de parlamentos, seminários, encontros e fóruns, levando programas de alfabetização, empreendedorismo, empoderamento feminino, cidadania, igualdade racial, geração de renda pelas comunidades carentes, dentre outros. No Brasil, teve seu empenho e dedicação ao próximo reconhecidos em diversas homenagens que já recebeu, prêmios, diplomas de mérito, inclusive o respeitado Press Awards e a mais alta honraria do Estado de Minas Gerais, a Medalha da Inconfidência. Desde 2002 promove eventos e campanhas beneficentes destinadas a arrecadar fundos para instituições hospitalares, como o Hospital Nossa Senhora de Lourdes, em Alvinópolis, e outras 11 instituições Brasil afora. Ester é Rainha do Congado da cidade de Alvinópolis. É admiradora, entusiasta do carnaval e colabora, ativamente, para o sucesso e projeção das festas, onde é madrinha e desfilante de uma escola de samba local. Ester disse: “O sonho só é importante se você corre atrás para realiza-lo. Eu venci!”.

Diretoria Artística

Belo Horizonte – Carnaval 2019 GRES Acadêmicos de Venda Nova – Carnaval 2019 - BH Enredo: “ESTER SANCHES – A Embaixatriz da Solidariedade” Carnaval 2019 - BH - www.avendanova.com.br - facebook.com/academicosdevendanova – 31 99427.4064

CONCURSO SAMBA-ENREDO 2019

04 DE NOVEMBRO DE 2018 

 OBRIGAÇÕES • CITAR NA LETRA: “ESTER SANCHES”; • CITAR NA LETRA: “VENDA NOVA” OU “ACADÊMICOS DE VENDA NOVA”; • HOMENAGEAR ESTER SANCHES. 2 - SUGESTÕES para a composição do samba-enredo 2.1. Mensagem o O samba-enredo deverá ser claro na sua proposta: o exaltar a filantropia, solidariedade, boa vontade, altruísmo, de um modo geral; o prestar uma homenagem a ESTER SANCHES. 2.2. Formato o Uma criação artística é LIVRE na sua forma, mas para um desfile carnavalesco, nossa diretoria SUGERE as seguintes ponderações por parte dos compositores: o composições com versos menos extensos favorecem uma melhor respiração dos desfilantes. Verso é cada uma das linhas de um poema; o uma melodia alegre, "pra cima", animada FAVORECE a empolgação e o cantar de TODO O SAMBA pelas arquibancada e Escola de Samba; o observar SEMPRE a harmonia melódica e a acentuação CORRETA de todas as palavras, assim como a pronúncia CORRETA da sílaba forte (tônica). 3 – Para a APRESENTAÇÃO do samba-enredo concorrente no concurso Será de total responsabilidade dos compositores a apresentação do(s) intérprete(s), do CD de áudio com a percussão e/ou dos instrumentistas acompanhantes. 3.1 - INSCRIÇÕES: até 21hs do dia 02 de novembro de 2018. a) Local: na sede do GRES Acadêmicos de Venda Nova, rua Soldado Manoel Ferreira, 146, São João Batista, Venda Nova/BH – fones 31 99427-4064 (Kiko); b) Apresentar o samba-enredo gravado em CD, pelo menos duas vezes consecutivas, em formato de áudio; c) 20 cópias da letra do samba-enredo, com os respectivos autores e intérpretes; d) Entregar a FICHA DE INSCRIÇÃO devidamente preenchida e com a firma dos compositores reconhecida em CARTÓRIO, conforme orientações abaixo. 3.2 - O concurso realizar-se-á no dia 04 de novembro de 2018, em local a ser definido e publicado previamente nas redes sociais do GRES Acadêmicos de Venda Nova. 3.3 - O samba DEVERÁ ser cantado ao vivo por um intérprete, contudo a sua voz não será GRES Acadêmicos de Venda Nova – Carnaval 2019 - BH Enredo: “ESTER SANCHES – A Embaixatriz da Solidariedade” Carnaval 2019 - BH - www.avendanova.com.br - facebook.com/academicosdevendanova – 31 99427.4064 3.6 - Cada obra DEVERÁ ser cantada até 3 vezes consecutivas, incluindo-se aí a passagem do samba com ou sem o acompanhamento dos instrumentistas; 3.7 - Para efetuar a inscrição do samba-enredo DEVERÁ ser preenchida a respectiva "Ficha de Inscrição" contendo as assinaturas de TODOS OS COMPOSITORES, com as devidas firmas reconhecidas em cartório. 3.8 - Somente será aceita a inscrição do samba com a presença física de um dos compositores da obra. 4. DÚVIDAS E SUGESTÕES Os compositores concorrentes poderão solicitar, do GRES Acadêmicos Venda Nova, informações adicionais ou esclarecimento de dúvidas que possam surgir, decorrentes da leitura do release e deste regulamento. Gentileza contatar através dos fones 31 99427-4064 (kiko) ou 99692-7105 (Marco Aurélio). Belo Horizonte, 26 de setembro de 2018. GRES Acadêmicos de Venda Nova Diretoria de Carnaval GRES Acadêmicos de Venda Nova – Carnaval 2019 - BH Enredo: “ESTER SANCHES – A Embaixatriz da Solidariedade” Carnaval 2019 - BH - www.avendanova.com.br - facebook.com/academicosdevendanova – 31 99427.4064 REGULAMENTO DO CONCURSO DO SAMBA-ENREDO 2019 TERMO DE RENÚNCIA AOS DIREITOS AUTORAIS SOBRE OBRA MUSICAL e FICHA DE INSCRIÇÃO. Fica instituído o CONCURSO DO SAMBA ENREDO 2019 do GRÊMIO RECREATIVO ESCOLA DE SAMBA ACADÊMICOS DE VENDA NOVA, a realizar-se no dia 04/nov/2018 as 18hs, em local a ser divulgado antecipadamente nas redes sociais (facebook.com/academicosdevendanova) e no website http://www.avendanova.com.br), onde uma banca de júri, escolhida soberanamente pelo Grêmio, sorteará a ordem das apresentações dos inscritos e elegerá um samba-enredo original e especialmente composto para este evento, que terá como enredo/título “ESTER SANCHES – A EMBAIXATRIZ DA SOLIDARIEDADE”. Cada composição deverá ser cantada até 3 vezes pelo intérprete “ao vivo”, com acompanhamento “ao vivo” ou percussão digital. Cópias das letras das músicas poderão ser distribuídas, pelos autores, ao público presente. Os participantes inscritos declaram ser a obra inédita, de sua própria autoria, respondendo exclusivamente perante a lei no caso de apropriação indevida, parcial ou total, de outra obra já existente e devidamente registrada ou documentada, isentando o Grêmio Recreativo Escola de Samba Acadêmicos de Venda Nova de toda e quaisquer responsabilidades jurídicas e/ou financeiras advindas de processos judiciais. Os participantes, também, declaram aceitar as seguintes condições: 1) ceder ao GRES Acadêmicos de Venda Nova e à Belotur (Empresa Municipal de Turismo de Belo Horizonte S/A) o direito de utilizar letra e melodia em qualquer época, meio e evento, sem qualquer pagamento e/ou indenização aos compositores, músicos e intérpretes; 2) ter conhecimento prévio e aceitar os termos constantes no formulário “Regulamento Concurso samba-enredo 2019, Termo de Renúncia aos direitos autorais sobre obra musical e Ficha de Inscrição”, 3) o GRES Acadêmicos de Venda Nova eventualmente poderá alterar, corrigir e/ou adequar letra/melodia, de forma a formatar melhor a composição para o regulamento de julgamento dos quesitos samba-enredo e bateria, durante o desfile da Agremiação, mesmo sem a aprovação prévia dos autores originais; 4) para o julgamento, o júri, durante o concurso, terá liberdade de escolher os meios que melhor favorecerem a avaliação dos concorrentes; 5) os participantes inscritos aceitam e acatam as decisões do júri, não cabendo recursos ou apelações, judicial ou extrajudicial em qualquer forma e época; 6) reconhecer a firma de TODOS os compositores em cartório; 7) o prazo para inscrições será até o dia 02/11/2018 até as 21hs, a ser realizada na sede do Grêmio à rua Soldado Manoel Ferreira, 146, São João Batista, BH, MG, CEP 31515-330; 8) o GRES Acadêmicos de Venda Nova poderá adiar o concurso quando houver menos de 3 composições inscritas ou por motivos de força maior. A premiação a ser atribuída ao primeiro colocado, será de R$700,00 (setecentos reais), a ser entregue posteriormente a liberação da subvenção destinada pela Belotur à Agremiação se, e somente se, houver a realização do desfile da agremiação no carnaval de 2019, de Belo Horizonte. Por fim, declaram os participantes terem recebido, lido e concordado com este regulamento, o qual assinam e possuem uma cópia de igual teor em seu poder. Belo Horizonte, .......... de .................................................. de 2018. ____________________________________________ (Responsável pela inscrição) ____________________________________________ (GRES Acadêmicos Venda Nova) Autores/Fones: (reconhecer TODAS as firmas em cartório) Doc. identidade

Read more »

quarta-feira, 26 de setembro de 2018

Acadêmicos de Venda Nova define enredo para 2019


A escola de samba Acadêmicos de venda Nova definiu seu enredo para o carnaval de 2019. "Ester Sanches a Embaixatriz da Solidariedade."  A azul e rosa, busca o sexto titulo de sua história cantando vida e obra de uma mulher, Belorizontina engajada em causas humanitárias, que ganhou o mundo através do amor  e elevou seu grito através da compaixão.

A escola já tem data para seu tradicional concurso de samba . ( 04 de Novembro de 2018)
Os compositores interessados podem entrar em contato com a agremiação e pedir a sinopse. 

SINOPSE EM BREVE NO BLOG.

Read more »

terça-feira, 25 de setembro de 2018

CONHEÇA AQUI A SINOPSE DA CANTO DA ALVORADA PARA 2019


SINOPSE

GRES. CANTO DA ALVORADA
ENREDO: Os Cantos e encantos de um ser criança Na Alvorada de um novo mundo.


Sinopse:

Era uma vez um mundo sem magia, sem brilho, sem fantasia...
Um mundo onde as crianças e adolescentes não sorriam...
Era uma vez uma história sem fim, onde crianças e adolescentes não tinham seus direitos à vida, à saúde, à alimentação, à educação, ao esporte, ao lazer, à profissionalização, à cultura, à dignidade, ao respeito, à liberdade, à convivência familiar e comunitária, assegurados com a mais absoluta prioridade.
E nessa triste história, entra um “SER CRIANÇA” desamparado por leis, sem sonhos, sem projetos, desacreditado que ele será o futuro da Nação.
Um dia esse Ser Criança ouviu uma história, onde contava que seguindo o caminho dos tijolos amarelos, encontraria o arco-íris, onde o mundo da Proteção o ajudaria a crescer e, ter seu desenvolvimento na sociedade em que vive. Seu direito, estaria efetivado e ali ele encontraria amparo, proteção e segurança.
Infelizmente o nosso Ser Criança foi alertado, que o mundo não era somente um conto de fadas, onde todos eram bonzinhos.  Ele descobriria que monstros ainda existiam, mas que no final, o bem venceria o mal.
Ele perguntou: Por que?
Neste momento, o nosso “Ser Criança” adormeceu e sonhou….



Primeiro setor: Conto Celestial: Uma Lúdica Inspiração para uma História REAL.
“Você verá que é mesmo assim
Que a história não tem fim
Continua sempre que você responde "sim"
À sua imaginação
À arte de sorrir cada vez que o mundo diz "não"
Maria Bethânia

De repente as formas se distorcem, nem tudo é tão real quanto antes e a Matriz da Vida, surge em suas lembranças mais profundas...
Abrem-se os Portais do sonho e tudo é possível, tudo é fantástico, extraordinário! Tudo pode acontecer nesse sonho, tão real quanto a realidade em que vivemos...
Ao abrir os olhos, nosso Ser Criança se vê em um mundo diferente, e foi abordado por seres, chamados de “Guardiões dos Sonhos Infantis”.
 Caberia a esses Guardiões levar à sábia e esperta criança, às suas respostas mais profundas com segurança...
Logo de início o nosso Ser Criança presencia a batalha do bem contra o mal, do bom contra o mau.
Nesse bailado único, as energias se encontravam como uma dança, como um balé. E em meio a tanto dissabor, ele avista um reino tão lindo de longe, mas tão triste de perto, sem cores e sem vida, sem cheiros e nem gostos!  Um lugar que precisava reencontrar a felicidade e a alegria de viver.
Em meio à batalha do bem contra o mal, surgem quatro monstros, que o assustam.
Tão temidos e tão malvados, que crianças e jovens jamais mereceriam saber da sua existência.
O primeiro monstro se apresentou cruel e disse: “Não apenas posso te tocar fisicamente, mas virtualmente posso ser o seu maior pesadelo”. Sou um monstro, presente em toda parte, até mesmo dentro do seu lar e, se você me revelar, uma maldição eu vou te dar.
Nesse momento a batalha se desfaz, pois, o bem vence esse monstro do mal, demonstrando ao nosso Ser Criança que denunciar é preciso.
O segundo monstro, com seu olhar sombrio disse: “Te mostro as melhores guloseimas, mas não te dou nenhuma delas. A vontade será sua maior inimiga, aliado a fome, porque para mim, criança e adolescente não tem prioridade.
Nosso Ser Criança começa a enfrentar conflitos internos, permeados por imagens do passado e perspectivas de um futuro.
O terceiro monstro, talvez o mais sombrio de todos, lhe disse: “Te ofereço um sono eterno, um sono sem vida, sem cores, e a sua aquarela pode descolorir-se a qualquer momento”.  
Então, o quarto e último monstro aproxima e diz: “Não te dou o descanso, o lazer, a alegria, não te dou o prazer de brincar, apenas me sirva. Trabalhe e atenda aos meus pedidos”.
Frente à realidade apresentada pelos monstros, nosso Ser Criança, estava perdido e desamparado em seus próprios sonhos, sem saber para aonde ir e como agir. O sonho de respostas de uma vida, se tornavam pesadelos e seus caminhos repletos de espinhos.
Era preciso quebrar a doutrina da situação irregular do “Código de Menores”, que tratava a criança e o adolescente como objetos. Era necessário trata-los como sujeitos de direitos.
O nosso Ser Criança percebeu que era preciso gritar por socorro, chamando atenção, para que as lágrimas de outras crianças e adolescentes não derramassem, assim, como as suas um dia derramou.
Mas a esperança, o desejo de vencer e a vontade de entender o fez caminhar pelo árduo trajeto da vida, que mesmo fora da realidade o levou a buscar a tal felicidade...



Segundo setor:  Em Busca da “FelizCidade”
“Perguntei pro céu
Perguntei pro mar, pro mágico chinês
Mas parece ninguém sabe, aonde a felicidade
Resolveu de vez morar
Até que um anjo me disse, que ela existe
Que é tão fácil encontrar”
Trem da Alegria

Sonhar é possível e viver é real.
Novos caminhos, levam nossa pequena criança, a novos personagens, e ela descobre que não estava sozinha e que existem seres “mágicos “que lutam silenciosamente contra à maldade que assolam os seus sonhos.
Uma luz surge e revelam Seres Encantados, que vieram até ele dizendo:
Somos Seres do bem, protegendo aqueles que estão em processo de formação e desenvolvimento. Somos aqueles que te afagam e te mostram o caminho da verdade com segurança.
 E eles então se apresentaram.
O primeiro Ser Encantado diz: “Acalme-te! Temos que acreditar, existe a Lei Maior. Ninguém sairá impune se cometer alguma violação de direito, contra uma criança ou um adolescente.
Lágrimas não serão mais derramadas, sofrimentos serão abolidos, torturas serão punidas.
O mau compreenderá que a Lei deverá ser cumprida integralmente.
Deixo escrito em suas mãos as leis que o defenderão.
 Palavras mágicas que te darão o direito de sorrir novamente.
Vocês serão reconhecidos como sujeitos de direitos e não mais meros objetos de intervenção social e jurídica, por parte da família, sociedade e do Estado.
 Utilize-as quando achar necessário! Elas te defenderão e se for preciso, novas Leis de prevenção, serão criadas.
O segundo Ser Encantado demonstrou serenidade e calmaria, e então disse: “Te entrego o Dom do Saber. Aprenderás a ler e a escrever, terás seu nome no papel e irá com as palavras, conquistar até mesmo o espaço sideral! Comigo você terá o pleno desenvolvimento, o preparo para o exercício da cidadania e qualificação profissional.
Venha comigo e encontrarás sempre as respostas para as suas perguntas! Me chamo Direito à Educação”.
Nesse momento, nosso Ser Criança se deu conta de que além dos Seres Iluminados, um exército de Soldadinhos de Chumbo caminhava rumo à cidade que ele deixou para trás, prontos a combater todo o mau que ali estava, e ele passou a não se sentir mais sozinho.
            Ele viu que por aonde quer que fosse, haverá sempre Seres do Bem, dispostos a combater toda maldade, toda injustiça, toda violação de direitos, florindo os caminhos, que por um dia ele passou, para proteger outras crianças e adolescentes que por ali passariam.
O terceiro Ser Encantado então se apresenta, sorrindo e diz: “crianças e adolescentes possuem atendimento prioritário, direito a crescerem saudáveis, com proteção à vida desde o nascimento, para o desenvolvimento sadio e harmonioso em condições dignas de existência.
Seu direito começará desde à concepção.
Pode me chamar de direito à Saúde! ”.
Foi quando o quarto Ser Encantado, estendeu as mãos e disse: “Te ofereço a proteção de um Lar Doce Lar. Você será amado, sentirá amparado e protegido de todo e qualquer tratamento desumano, violento, aterrorizante, vexatório e constrangedor. Garantirei sua dignidade e a convivência familiar”
 Por um mundo de sonhos, nosso Ser Criança resolve mudar suas crenças, obtendo respostas e volta a acreditar num futuro melhor.
 Entendeu que a vida gira como uma roda gigante, ou como um carrossel, e, que a alegria trazida por ventos distantes, baila como a poesia, ao som de uma sinfonia imortal regida pela esperança por novos dias...
A “felicidade” deve ser explorada, ser saboreada, “com gosto de chocolate, perfume de frutas exalado pelo ar e cheiro de terra molhada”.
Nesse mundo feliz descobriu que há o direito ao lazer, pois a necessidade de brincar e praticar esportes existe dentro de toda criança e adolescente.



Terceiro Setor: Viver é um direito...
“Eu fico com a pureza das respostas das crianças:
É a vida! É bonita e é bonita!”
Gonzaguinha
            “Abracadabra”!
            A magia e o encantamento se fazem presentes.
            Nosso Ser Criança redescobre a alegria de viver...
            Sua última pergunta, sua última indagação, seu último questionamento, deveriam ser respondidos.  
Por que tantas provações diárias?
Por que tanto sofrimento na vida das crianças, e dos jovens?
Por que é preciso ter sangue derramado para podermos ser enxergados como pessoas em condição peculiar de desenvolvimento?
Queremos ser amados, não temos esse direito?
Foi quando sua Fada Madrinha apareceu e lhe disse:
 “Três desejos, três encantamentos! Te dou o direito a vida. Acreditar é preciso, sonhar é tão belo quanto viver!
A vida é a dádiva!
Um “Colossal Obra da Criação”, e aqueles que possuem esta dádiva, são herdeiros de um mundo chamado paraíso...
A herança da ancestralidade é passada para cada geração, num constante ciclo sem fim, de vida gerando vida.  Se você recebe amor, transmitirá amor.
As provações são impostas pelo destino, mas nos deixam mais fortes no decorrer de nosso caminho em busca de nos tornemos seres melhores. De “Um Ser Criança”, “Um Ser Adolescente”, “Um Ser Adulto”, a um “Ser Humano” honesto, trabalhador e que honre sua família e crenças, que ame ao seu próximo como a si mesmo e, que ajude a transformar o mundo.
Entenda que a vida é um imenso palco iluminado, onde você chora e também sorri, onde seus desejos se tornam realidades, com estudo, aprendizado, dedicação na hora certa e na medida correta.
Seus direitos serão revelados.
Brinque como se o amanhã não existisse. Sorria com a alegria de um palhaço de circo que preserva no olhar a inocência de um ser de luz.
Aprenda que o sorriso é o espelho da alma, o guardião da alegria e da felicidade! ”.
A Fada Madrinha então entregou ao nosso Ser Criança um livro encantado, chamado: “Estatuto da Criança e do Adolescente” e disse que esse encantado livro, era protegido por inúmeros guardiões espalhados por 05 Regiões e que esses eram detentores das palavras que deveriam elevar a consciência de todos.
E, se é verdade, que quem lê viaja, e a leitura, o conhecimento, e a sabedoria estão ao seu lado, a partir daí entenderá que a pureza e a beleza da vida, como diz o poeta, esta na resposta das crianças...

Quarto Setor: Do sonho ao direito - A magia da vida é real!
“Além do arco-íris
Só eu sei
Que o amor
Poderá me dar tudo que eu sonhei”
Luiza Possi


Nosso Ser Criança descobre então, que poderá transformar a vida de tantos jovens, assim como ele um dia sonhou em transformar a sua. Dessa forma, a estrada de espinhos que ele um dia caminhou, se tornará uma estrada de tijolos amarelos...
Neste momento ele entendeu que havia crescido, que era um ser de luz, mas que não poderia deixar adormecer a criança guardada em seu coração. 
Hoje, aqui, ele é o “Super. Herói”, a defender aqueles que assim como ele, um dia buscaram respostas.
Caberia ao nosso Ser Criança a missão de dar vida às personagens imortais, como num tributo a grandes gênios.
Dançariam em meio a um “Reino de Palavras”, num Brasil defendido por “Guerreiros da Literatura”.
Despertando Monteiro Lobato, num bailado de Emília e Visconde de Sabugosa, o imortal Sítio estaria novamente de porteiras abertas para a fantasia.
Erguendo-se das páginas da história, Ziraldo, que através de seu Menino Maluquinho interior, mostrou a todos a importância de uma infância feliz e com brincadeiras.
Os sonhos ultrapassam as fronteiras da imaginação, nos revelando encantamentos além da nossa cultura.
Com o “Pequeno Príncipe”, aprendemos que tornamos eternamente responsáveis por aquilo que cativamos, e proclamamos: “Todo Menino é um Rei”!
E aquela, já velha estrada de espinhos, outrora substituída por lindos e reluzentes tijolos amarelos, nos revelam então, “um reino de faz de contas”, uma Terra Mágica e um desejo imortal: Que o Mundo do Futuro, se torne uma Encantada e Mágica Terra de Oz. Um Mundo de Fantasias e Ilusões...
No desejo mais profundo do Ser Criança que segue o caminho de tijolos amarelos, perdido num tempo e num espaço, enfrentando bruxas e monstros do imaginário ou do mundo real, nossa Criança, segue seu destino, colocando corações nos “homens de lata”, cérebro nos “espantalhos sociais”, e coragem para enfrentar “as feras” de um mundo desigual.
Com esse Enredo, homenagearemos os quase 30 Anos do Sagrado Livro do Estatuto da Criança e do Adolescente, comemorando com a certeza de que um conto não é apenas um conto, mas a realidade de milhões de crianças e adolescentes espalhados pelas ruas e esquinas desse “mundão” em busca de sua estrada de tijolos amarelos e na esperança por dias melhores, e o sonho de ouvir a eterna frase:
 Assim, “todos viverão felizes para sempre”!

“Enredo dedicado ao Estatuto da Criança e do Adolescente, à toda Rede de Proteção na luta incansável pela garantia de diretos de nossas crianças e adolescentes, aos Conselheiros Tutelares de todo  Brasil e à Memória do Menino Bernardo, nosso Pequeno Ser de Luz, nosso “SER CRIANÇA”.


PRESIDENTE: Carlos Alberto Damasceno.

DIRETOR DE CARNAVAL: Maria Elisa A. C. Moraes


CARNAVALESCO: Flávio Campello.
PESQUISA E TEXTO: Felipe Diniz


Read more »

Do Luxo ao Respeito. Os Grandes Destaques do Carnaval.


Fotos- Alexandre Lazaro vestindo o Grande Sacerdote - Força Real 2016 
Fotos - Acervos pessoais e institucionais. 


Um dia o eterno carnavalesco e historiador Fernando Pamplona disse em uma transmissão de carnaval da extinta Rede Manchete: Destaque não é um espanador com brilho no carro, Destaque é enredo.

Os destaques representam figuras e personagens do enredo da agremiação, cabem a eles a missão de demonstrar na avenida pontos chaves do tema, tratado em forma de luxo e beleza.

A vaidade anda lado a lado com estes personagens que buscam o ano todo recursos para “bancar” suas caras e belas fantasias .

Em Belo Horizonte, estes personagens viveram seu apogeu nos anos 70 e 80, quando desfilavam na avenida todo o brilho e imponência de suas fantasias.
Em um mundo de plumas e paetês, eles são reis por um dia, e buscam ainda hoje sua valorização.

A modernidade acrescentou recursos às vestimentas, luzes e movimentos já são uma realidade, no mundo dos destaques, mas existem aqueles mais conservadores que optam pelo tradicional, plumas choronas e faisões.

Fiinha , Loiola , Rodinei Borges de Andrade  , Cristina Souki , Jarbas , Arabela Gonçalves  , Mirian Cardinali , Sara Dias, Alexandre Lazaro , Marcos Paulo,Geraldo Norte, Wiver Luiz dos Santos, Marcelo Augusto de Oliveira, José Geraldo Pereira, Adélia Rubini , Wandera Jones, Matheus - Drag Elektra , Wagner Guimarães - Coquita Para Paio. São alguns dos nomes que marcaram a história dos destaques no carnaval de Belo Horizonte. ( Infelizmente não temos como falar todos mas nosso respeito é geral) 

Personagens de um carnaval tradicional, personagens de um carnaval de valorização, de respeito, beleza e ousadia. 

São eles que levam o verdadeiro brilho para a avenida. Levam também a emoção de realizar um sonho, e de se vestir de um personagem deste sonho.

A valorização destas pessoas, não passa apenas por recursos de uma boa fantasia de luxo , mas pela valorização pessoal no dia a dia de quem se dedica e se doa a uma arte, que a cada dia vem perdendo espaço para as grandes alegorias e a modernidade.

DESTAQUES DO CARNAVAL DE BH... O NOSSO RESPEITO 












Read more »

Afoxé Bandarerê realiza oficina de dança e percussão .



O Bloco Afoxé Bandarerê , realiza no dia 30 de setembro de 2018 uma oficina gratuita de dança e percussão.

O bloco que abre os trabalhos todos os anos na avenida, para as escolas de samba passarem, convoca a todos na rua Iguassu N*261 - Concórdia. 

Horário - de 14:00 as 16:00


Read more »

segunda-feira, 24 de setembro de 2018

Feijoada da Acadêmicos de Venda Nova, tem o renomado sambista Fernando Bento como atração.

O INTÉRPRETE FERNANDO BENTO é uma das atrações no ((((( FEIJOADA DÁ SAMBA 2018 )))))

Dia: 14/10/2018 - das 12 horas às 18 horas.
Local: Rotary Club BH - Venda Nova
Rua da Matriz 127 – Venda Nova -Belo Horizonte - MG



VENDA DE INGRESSOS SOMENTE ANTECIPADA.

- Preço único: R$ 30,00 * verificar taxa

https://www.sympla.com.br/feijoada-da-samba__360095

VENDA DE INGRESSOS NA SEDE DA ESCOLA, RUA SOLDADO MANOEL FERREIRA 146, SÃO JOÃO BATISTA.

OBS: LOCAL DOS ENSAIOS DA BATERIA VENENOSA.

Read more »

Com direito a Neguinho da Beija Flor, o Contemporâneo foi palco do concurso Garota Beija Flor BH.

Foto- Divulgação TV Vitrine .Neguinho da Beija Flor - Wanderley Gomes e Bira Favela 

Aconteceu no sábado dia 22 de setembro a eliminatória do concurso garota Beija Flor Belo Horizonte, promovido pela TV Vitrine no Contemporâneo. O evento que fez parte do Show do grande Neguinho da Beija Flor, atraiu belas mulheres, dispostas a brilharem no carnaval da Beija Flor de Nilópolis e representar BH , no carnaval de 2019. 

As Classificadas são: 

Yaralis
Samantha 
Nayane
Aline 
Denise 

Vídeo - Divulgação TV Vitrine 




Read more »

Unidos Guaranis faz feijoada que marca esforços da nova diretoria para a volta aos desfile.

Divulgação Unidos Guaranis 


A tradicional escola de samba Unidos Guaranis, fez sua feijoada no sábado (22) a verde, vermelho e branco, convocou sua velha guarda para sambar e se deliciar com uma feijoada de primeira , marcando os esforços da nova diretoria da escola para a retomada da agremiação aos desfiles das escolas de samba de Belo Horizonte.

A Unidos Guaranis pretende apresentar em 2019 o enredo Pedreira .Favela Encantada , tendo como diretor de carnaval o experiente  Mario Cesar e como presidente Roldney Teodoro


Vídeo  divulgação - Unidos Guaranis 
 FOTOS EM BREVE :

Read more »

sábado, 22 de setembro de 2018

CANTO DA ALVORADA APRESENTA SEU ENREDO PARA 2019


A escola de samba Canto da Alvorada , campeã de 2018 em BH, apresentou em sua rede social na noite deste sábado (22) seu enredo para  o carnaval de 2019. 

"Os Cantos e Encantos de Um ser Criança , na Alvorada de Um Novo Mundo " é o titulo do enredo que exalta o Estatuto da Criança e do Adolescente. Através de um conto lúdico , a escola apresenta a todos um "Ser Criança" que após enfrentar as adversidades da vida, busca através dos sonhos um mundo de paz, e esperanças, buscando em seus sonhos mais profundos as descobertas de seus direitos e o conhecimento dos que a defendem . 

O carnavalesco Flávio Campello ao lado do Presidente Carlos Damasceno , deram boas vindas ao carnaval de 2019, e conclamaram os componentes e apaixonados pela escola para o inicio dos trabalhos. 

A Escola irá apresentar a sinopse no domingo (23) e o regulamento para o concurso de samba de enredo 2019 estará disponível a partir   de segunda feira ( 24) 

Read more »

quinta-feira, 20 de setembro de 2018

"VIVA " O Carnaval de Rua de BH.

(Foto: Tulio Santos/EM/D.A Press. )


2019 nem chegou, e os famosos “bloquinhos “ já estão em plena atividade. O crescimento carnavalesco gerado pelo seguimento cultural, vem aquecendo o terceiro setor da economia, e o turismo comemora.

Em 2018 uma média de 480 blocos de rua , animaram as ruas da capital mineira. A estimativa da prefeitura apenas para o sábado de carnaval era de 1,6 milhão de pessoas nas ruas. (Fonte : O Estadão)

Vale lembrar que estes blocos também movimentam o comercio da capital, aquecendo, bares, restaurantes, padarias, empresas de confecção de camisas e abadas, alem bonés, aluguel de sons, trios elétricos.

O diferencial dos blocos são seus ritmos, que vão do Samba ao Axé, do Sertanejo ao Funk. E temos também blocos de Rock, Musicas Infantis ou blocos dedicados a artistas como Xuxa e até mesmo Roberto Carlos. A Folia é para todos os gostos e até mesmo um bloco que acompanha outros blocos sai nos dias de folia pelas ruas da cidade, levando uma turma de amigos a diversão.  

Os Blocos Afros também são uma realidade no carnaval da cidade, elevando a cultura Afro, e apresentando a mesma a quem não a conhece.

Muitos Blocos já estão ensaiando e fazendo seus primeiros batuques, afinal Deus Ajuda a quem cedo Madruga, e cabe a estes representantes da folia abrir a folia máxima mineira, cabe a eles apresentar o cartão postal de Belo Horizonte, sorriso, alegria, curtição e muita purpurina no rosto característica mais que suficientes para interagir e curtir a maior festa popular do Brasil.



Para quem não sabe onde encontrar os blocos mais próximos ou tem vontade de brincar a folia, lembramos que as redes sociais estão repletas de Bloquinhos, de coração e braços abertos para receber o folião, que quer aprender a tocar através das oficinas ou simplesmente ir atrás do trio elétrico. Afinal “ Atrás do Trio elétrico só não vai quem já morreu”
 #carnavalizabh

Read more »